NOSSA HISTÓRIA

O Lar Assistencial Mãos Pequenas é uma associação filantrópica que oferece serviço de acolhimento institucional gratuito a crianças e adolescentes residentes no município de Diadema encaminhados pelo Poder Judiciário e Conselhos Tutelares, uma alternativa de moradia que, embora provisória, oferece as mesmas características de uma residência comum, propiciando às crianças e adolescentes, a oportunidade de participar na vida da comunidade mediante a utilização de bens e recursos disponíveis, como escolas, área de lazer, cultura, centros médicos, entre outros recursos inerentes ao público infantil e juvenil.

Fundado em agosto de 2005, por um grupo de profissionais que sabendo da necessidade no município de serviços para acolhimento de crianças e adolescentes em situação de violação de direitos e vulnerabilidade social, se associaram com a intenção de atender esta demanda de forma plena e com excelência; Possibilitando aos usuários qualidade no atendimento, defesa e garantia do direito a convivência familiar e comunitária e ser parte integrante na vida de crianças, adolescentes e suas famílias sendo parceiros e referência.

2006

  • A primeira criança foi recebida, iniciando as atividades do serviço de acolhimento institucional para crianças e adolescentes.
  • Registro CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social.

2008

  • Registro CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

2009

  • Utilidade Pública Municipal

2010

  • Convenio com a Prefeitura Municipal de Diadema.
  • Projeto pelo Instituto HSBC Solidariedade
  • Projeto Fundação Salvador Arena

2014

  • Certificado de Regularidade Cadastral de Entidades – CRCE

2015

  • Utilidade Pública Estadual

2016

  • Certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social – CEBAS

2017

  • Aprovação do chamamento público nº 009/2017/SASC para segunda unidade de acolhimento institucional no Município em Diadema.

2018

  • Abertura da unidade II no Município de Diadema.
  • Aprovação do Chamamento público nº 11/2018 para duas unidades de acolhimento institucional no Munícipio de Santo André.
  • Dezembro de 2018 início do trabalho nas duas unidades de acolhimento institucional para crianças e adolescentes, no Município de Santo André.